4 razões para estimular o suor

Seu corpo tem um sistema natural, poderoso e integrado para desintoxicação que não requer limpezas com sucos da moda ou protocolos caros. Tudo que você tem a fazer é suar!

Médicos, especialistas em saúde e gurus do fitness nos dizem que devemos suar todos os dias – e por boas razões. Embora a transpiração tenha uma série de benefícios simplesmente porque é resultado de exercícios que melhoram a saúde, o próprio ato de suar também cura o corpo. Esteja você sentado em uma sauna, caminhando em um dia quente ou se exercitando, a transpiração é uma função corporal necessária com poderosos efeitos curativos.

Especificamente, mais estudos estão surgindo elogiando as habilidades desintoxicantes do suor. Ao limpar uma série de toxinas, de poluentes orgânicos persistentes (POPs) a metais pesados, o suor desempenha um papel essencial na função natural de desintoxicação do seu corpo. Vejamos algumas das toxinas que são eliminadas do seu corpo quando você transpira:

1. Poluentes orgânicos persistentes (solventes, fumigantes e inseticidas): Um estudo clínico com 20 participantes descobriu que amostras de suor continham uma variedade de toxinas, incluindo pesticidas DDT/DDE, endosulfan, metoxicloro e endrina. De fato, quase todos os compostos de origem dos pesticidas foram encontrados nas amostras estudadas, o que mostra que a transpiração é uma maneira eficaz de diminuir a carga tóxica do corpo.

Além disso, a amostra de suor continha alguns agrotóxicos – incluindo DDT, metoxicloro e endrina – que não estavam presentes nas amostras de sangue ou urina coletadas do mesmo participante, sugerindo que alguns agrotóxicos são apenas mobilizados e excretados através do suor.

2.  Ftalato (plastificante): O ftalato, encontrado em produtos plásticos, é outro produto químico tóxico que é removido através do suor. Em um estudo , os pesquisadores avaliaram amostras de sangue, suor e urina de 20 indivíduos e descobriram que todos os indivíduos tinham mono (2-etilhexil) ftalato (MEHP), um ftalato comum, em cada uma das amostras. As concentrações deste composto no suor foram duas vezes maiores que os níveis de urina, mostrando que a transpiração pode ser a maneira mais eficaz de livrar seu corpo desse composto desregulador endócrino.

3. Metais pesados: Um estudo com 20 pacientes relatou que, quando comparado à urina, o suor continha cerca de 24 vezes mais cádmio, 19 vezes mais níquel, 16 vezes mais chumbo e quase três vezes mais alumínio. No geral, o suor se mostrou mais eficaz que a urina na remoção de 14 dos 18 metais pesados ​​estudados. Também continha maiores quantidades de 16 dos 18 metais do que as amostras de sangue. 

De todos os metais, o alumínio foi encontrado nas maiores concentrações no suor, com zinco, cobre e níquel também ocorrendo em quantidades relativamente altas nas amostras estudadas.

4. Bisfenol A (BPA): Os pesquisadores examinaram o sangue, a urina e o suor de 20 participantes em busca de BPA, uma toxina desreguladora endócrina encontrada em alimentos enlatados e garrafas plásticas de água, entre outras coisas. Das 20 amostras de suor coletadas, 16 continham BPA, enquanto apenas 14 amostras de urina e 2 amostras de sangue deram positivo para a toxina.

Isso não apenas revela que o suor é a maneira mais eficaz de remover o acúmulo de BPA no corpo, mas também mostra que testar os níveis de toxicidade no sangue ou na urina pode não apresentar o quadro completo.

Quando chega a hora de suar, há uma série de atividades que você pode escolher. A maioria dos exercícios e esportes vai deixar você suado: corrida/caminhada rápida, natação, Bikram yoga, tênis, basquete – a lista continua. Uma opção de baixo impacto é passar um tempo em uma sauna. Ao comparar uma sauna infravermelha a uma sauna a vapor, os pesquisadores descobriram que o suor da sauna infravermelha continha mais bismuto, cádmio, cromo, mercúrio e urânio. A sauna a vapor fez com que níveis mais altos de arsênico, alumínio, cobalto, cobre, manganês, níquel, chumbo, estanho, tálio e zinco fossem excretados.

É importante observar que a hidratação é essencial para maximizar os benefícios à saúde listados acima. A transpiração tem efeitos poderosos na sua saúde, mas não se hidratar adequadamente durante e após a transpiração levará a uma série de problemas de saúde separados. Uma diretriz de reidratação fácil de seguir é pesar-se diretamente antes e depois de suar – o peso perdido é a quantidade de água que você deve beber depois para se reidratar. Para referência, um quilo de água é um pouco menos de ½ litro.

Além disso, o suor contém minerais essenciais para manter seu corpo funcionando de maneira ideal. Após atividades em que você transpira excessivamente, é importante repor os minerais perdidos, principalmente zinco, cobre, selênio, cromo e potássio. A água de coco é uma ótima fonte de potássio, e nozes, frutos do mar, grãos integrais e leguminosas geralmente contêm níveis relativamente altos de zinco , cobre , selênio e cromo .

Da próxima vez que você se sentir tentado a ficar no sofá em vez de correr, ou optar por ficar no ar condicionado em vez de passar o tempo em uma sauna, pense em todos os benefícios “suados” que você não está obtendo! Suar a camisa pode parecer doloroso, mas vale a pena manter seus sistemas internos de desintoxicação saudáveis ​​e funcionando bem.

Deanna Minich

OBS.: Temos opções de desintoxicação seletiva por aparelhos frequenciais, bem como protocolos de suplementos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *