A musicoterapia ajuda as pessoas a sobreviver após um ataque cardíaco

A música pode ser o remédio perfeito após um ataque cardíaco. Ouvir 30 minutos de música suave todos os dias diminui as chances de um segundo episódio, descobriram os pesquisadores.

A musicoterapia pode desempenhar um papel fundamental em ajudar alguém a sobreviver a um ataque cardíaco, afirmam pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Belgrado. Além de ajudar a impedir um segundo ataque em 23%, reduz a taxa de insuficiência cardíaca em 18%, reduz o risco de cirurgia de revascularização do miocárdio em 20% e diminui as chances de morte cardíaca em 16%.

Cerca de um em cada nove sobreviventes de ataques cardíacos sofre dores no peito e ataques de ansiedade nos primeiros dois dias depois, mas os pacientes que ouvem música suave que escolheram por 30 minutos por dia reduzem as chances de mais problemas.

A pesquisa incluiu 350 pacientes com ataque cardíaco que tiveram musicoterapia juntamente com medicamentos padrão ou apenas medicamentos padrão. Juntamente com todos os benefícios físicos, aqueles que ouviram música também relataram escores de ansiedade 30% menores do que aqueles que tomavam drogas.

Uma variedade de medicamentos diferentes – desde nitratos, betabloqueadores, estatinas e anti-hipertensivos – são oferecidos ao paciente com ataque cardíaco, e ouvir música todos os dias aumenta sua eficácia, dizem os pesquisadores.

Bryan Hubbard


Referências

(Fonte: Anais da sessão científica anual do American College of Cardiology, 18 de março de 2020)

WDDTY 042020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *