As nuts potencializam seus níveis nutricionais – especialmente quando você tem 55 anos ou mais.

As nuts ( amêndoa, castanha-de-caju, avelã, amendoim, castanha-do-pará, semente de linhaça, macadâmia, nozes e noz pecan, pistache, semente de abóbora, quinoa, semente de girassol, gergelim, dentre outros) ajudam a aumentar os níveis de magnésio e alfa tocoferol, ou vitamina E, dois nutrientes que ajudam a proteger contra uma série de problemas de saúde relacionados à idade, como a doença de Alzheimer.

Comer um punhado de nuts todos os dias durante quatro meses aumenta os níveis de ambos os nutrientes, dizem pesquisadores da Universidade Estadual do Oregon, que monitoraram 32 adultos mais velhos – com 55 anos ou mais – por quatro meses.

Além de elevar os níveis dos dois nutrientes, as avelãs também diminuíram os níveis de glicose, açúcar no sangue e lipoproteínas LDL, frequentemente descritas como o colesterol “ruim”.

Muitas pessoas nos EUA são deficientes em ambos os nutrientes, em parte porque “não gostam de tomar multivitaminas, mas as avelãs representam um multivitamínico na forma natural”, disse Maret Traber, uma das pesquisadoras.

As avelãs também são uma fonte de gorduras saudáveis, cobre e B6.


Referências

(Fonte: Journal of Nutrition, 2018; 148: 1924)

Wddty 012019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *