Descubra como as vitaminas do complexo B promovem pele, cabelo e unhas saudáveis

Embora a pele radiante, o cabelo grosso e brilhante e as unhas perfeitas sejam inerentemente atraentes, prestar atenção à sua condição não é apenas uma questão de vaidade pessoal. A aparência da pele, cabelo e unhas muitas vezes pode fornecer pistas importantes sobre o estado geral de saúde – e até mesmo indicar problemas como problemas de tireoide, anemia, desequilíbrios hormonais ou deficiências nutricionais.

Se de repente você desenvolver pele seca e escamosa, cabelos ralos e unhas quebradiças, consulte imediatamente seu médico integrativo ou dermatologista para descartar a doença. Mas – na ausência de uma condição médica – muitas vezes você pode resolver pequenas “falhas” de beleza, como unhas frágeis, queda de cabelo e pele seca e sem brilho com nutrição adequada (incluindo quantidades adequadas de vitaminas do complexo B). De fato, em uma recente revisão sistemática , a vitamina B7 (também conhecida como biotina) impressionou os pesquisadores ao causar um melhor crescimento de cabelos e unhas em praticamente todos os participantes do estudo. Então vamos ver o que mais as vitaminas do complexo B podem fazer pelo seu bem-estar e aparência.

Vitaminas do complexo B, como a biotina, promovem a saúde da pele e das unhas

A biotina, ou vitamina B7, é uma vitamina solúvel em água essencial para a produção de queratina, um componente importante das unhas e cabelos. A biotina tem sido um suplemento de beleza popular – e agora os cientistas estão encontrando evidências de sua eficácia clínica. Em uma revisão de estudos publicados em Skin Appendage Disorders , os pesquisadores avaliaram 18 ensaios controlados e estudos de caso para avaliar a eficácia da biotina para participantes com alopecia (cabelo ralo ou faltando), síndrome de “unha quebradiça” e crescimento deficiente de cabelo ou unhas. Os autores da revisão relataram que pacientes com síndrome das unhas quebradiças apresentaram melhora no crescimento das unhas. E os participantes com alopecia viram seus sintomas se resolverem. (Em todos os casos, no entanto, os pacientes tinham uma deficiência de biotina subjacente).

Os Institutos de Medicina listam a ingestão adequada de biotina para adultos como 30 microgramas por dia. Claramente, não faz mal garantir uma ingestão dietética adequada – o que você pode fazer mordiscando nozes, legumes e grãos integrais. Fígado bovino alimentado com capim, gemas de ovos orgânicas e salmão selvagem também são ótimas fontes. A biotina também está disponível em forma suplementar. No entanto, verifique com seu médico integrador antes de tentar esse nutriente para promover a saúde do cabelo e das unhas.

O precursor da vitamina B5 protege e hidrata a pele e o cabelo

O pantenol é uma provitamina ou precursor, o que significa que o corpo o converte em uma vitamina específica (neste caso: vitamina B5, também conhecida como ácido pantotênico). E a conversão ocorre mesmo quando o pantenol é aplicado topicamente na pele ou no cabelo. Especialistas dizem que o pantenol é um umectante – uma substância que ajuda a atrair água para a pele – e um emoliente que ajuda a selar a umidade na pele. Isso significa que o pantenol protege e promove a função de barreira da pele saudável que impede a entrada de toxinas, poluentes e patógenos que podem causar infecções.

Também é anti-inflamatório – permitindo reduzir a vermelhidão, coceira e inchaço – e ajuda a acelerar a cicatrização de feridas. Além disso, de acordo com o dermatologista certificado pelo conselho Suneel Chilukiri, MD, as várias propriedades do pantenol ajudam a pele a manter a elasticidade, flexibilidade e suavidade. (Pantenol também estende seus “favores” aos cabelos, promovendo condição saudável, brilho e brilho). Em suma, o pantenol soa como uma “vitória” para apoiar cabelos e pele saudáveis.

Você pode encontrar o pantenol em cremes, hidratantes, condicionadores e xampus para cuidados com a pele – às vezes em combinação com outros ingredientes para mimar a pele, como ácido hialurônico, glicerina e ceramidas. (Dica profissional: o pantenol tem muitos “aliases”. Se você quiser ter certeza de que um produto contém pantenol, verifique os rótulos dos nomes alternativos: provitamina B5, butanamida e álcool d-pantotenílico).

Não se esqueça das outras vitaminas do complexo B

Especialistas dizem que obter quantidades adequadas de vitaminas do complexo B é fundamental para a saúde do cabelo e das unhas. Deficiências de vitaminas B1 (tiamina), B2 (riboflavina), B3 (niacina) e B5 (ácido pantotênico) podem causar folículos desnutridos, o que pode retardar o crescimento do cabelo, enquanto deficiências de vitamina B9, ou folato, podem causar unhas quebradiço, fino e descolorido.

Finalmente, a vitamina B12 é necessária para a absorção de ferro. Os baixos níveis de ferro, de fato, podem afetar diretamente a saúde e a aparência das unhas, com unhas brancas, finas e frágeis servindo como um sintoma de deficiência de vitamina B12. Como esse importante micronutriente é encontrado principalmente em alimentos de origem animal, como carnes, aves, peixes, laticínios e ovos, veganos e vegetarianos geralmente precisam procurar alimentos fortificados com B12 ou tomar suplementos. Consulte seu médico integrativo ou nutricionista para orientação.

Promover unhas, pele e cabelos saudáveis ​​com nutrição adequada

Não são apenas as deficiências de vitaminas do complexo B que podem contribuir para unhas quebradiças e pele seca. A deficiência de vitamina C – que facilita a produção de colágeno – também pode contribuir, enquanto as deficiências de vitamina D estão ligadas a problemas de pele, como psoríase, dermatite atópica e eczema. Além disso, é essencial obter quantidades adequadas de proteínas e ácidos graxos ômega-3.

Além de obter uma nutrição adequada, muitos especialistas aconselham o uso de luvas para proteger as unhas do excesso de umidade e produtos químicos agressivos. Além disso, evite alimentos processados, açúcares refinados e gorduras não saudáveis, que os especialistas em nutrição dizem que podem piorar a inflamação, a irritação e as erupções cutâneas.

Boas fontes de vitaminas do complexo B incluem carne bovina alimentada com capim, aves de capoeira, ovos de pasto, laticínios, legumes, folhas verdes, cereais e levedura nutricional. Se você deseja suplementar, muitos especialistas em saúde natural aconselham tomar uma formulação de complexo B de alta qualidade. Verifique com seu médico integrador de confiança para encontrar uma formulação certa para você.

Não há realmente nada de “complexo” nisso. Evitar deficiências de vitamina B pode ajudá-lo a manter sua pele brilhante, seu cabelo brilhante e suas unhas crescendo.

Lori Alton

As fontes para este artigo incluem:

Healthline.com
Byrdie.com
Karger.com
Heathline.com
FoodInsight.com

OBS.: Temos testes de biorressonância que verificam em 1 min carências vitamínicas, minerais, questões de tireoide e muitas outras questões no corpo. Consulte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *