Duas estratégias para reverter a perda de visão

Preocupado com a falta de visão à medida que envelhece? Os cientistas descobriram duas coisas fáceis que você pode fazer todos os dias para manter sua visão nítida até a velhice.

A primeira é exercitar-se, e os cientistas descobriram que ela tem uma relação direta com a degeneração macular, um dos casos mais comuns de perda da visão à medida que envelhecemos.

O exercício regular reduz o crescimento excessivo de vasos sanguíneos nos olhos em cerca de 45%, e isso pode fazer toda a diferença entre perder a visão e não.

A boa notícia é que baixos níveis de exercício são suficientes para proteger seus olhos, afirmam pesquisadores do Sistema de Saúde da Universidade da Virgínia. Eles não sabem ao certo por que isso está acontecendo, mas acham que é porque o exercício aumenta o fluxo sanguíneo para os olhos.

O exercício interrompe o ciclo vicioso. À medida que a visão começa a se deteriorar, as pessoas tendem a se exercitar menos e isso, por sua vez, acelera a perda de visão.

Seus estudos foram baseados em testes com ratos de laboratório, mas os pesquisadores acreditam que replicam de perto os benefícios que veriam em pessoas que começam a se exercitar. De fato, eles acham que desenham uma imagem mais precisa do que pesquisas que dependem de relatórios honestos de voluntários.

A segunda estratégia de economia de visão é olhar para a luz vermelha todos os dias.

Uma pequena lanterna LED com um feixe vermelho escuro fará o trabalho, dizem pesquisadores da University College London. Olhá-lo por três minutos todos os dias pode reverter a visão que começou a se deteriorar, um problema comum entre os maiores de 40 anos.

O contraste de cores da nossa visão pode melhorar em 20%, fazendo o exercício por apenas algumas semanas, descobriram os pesquisadores quando testaram a técnica em um grupo de 24 pessoas, com idades entre 24 e 72 anos.

A luz de ondas longas reinicia as células da retina, que envelhecem mais rapidamente do que as células de qualquer outra parte do corpo. Com o tempo, pode haver uma redução de 70% nas capacidades das células, o que causa um declínio significativo nas funções fotorreceptoras dos olhos.

As “tochas” usadas para os experimentos são vendidas por cerca de US$ 15.

Bryan Hubbard

(Sources: exercise study: IOVS, 2020; doi: 10.1167/iovs.61.5.52; light study: Journals of Gerontology, Series A, 2020; doi: 10.1093/Gerona/glaa155)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *