Grande aumento nos casos de insuficiência hepática com o paracetamol “seguro”

O paracetamol é o principal analgésico do mundo – e é considerado um remédio seguro, disponível nas farmácias sem receita médica.

Exceda a dose recomendada, e se torna um veneno perigoso, causando insuficiência hepática e até mesmo a morte, dizem reguladores de saúde na Suíça, que registrou um aumento de 40 por cento nos casos de envenenamento depois que doses mais potentes do medicamento começaram a ser vendidas nas farmácias .

O aumento repentino aconteceu nos primeiros três anos após as doses de 1000 mg (1 g) estarem disponíveis sem receita. As pessoas têm tomado muitos dos comprimidos todos os dias e provavelmente excedendo a dose máxima diária de 4g.

“O paracetamol não é eficaz para todos os pacientes ou contra todas as formas de dor. Se o medicamento não ajudar a aliviar os sintomas de alguém, eles podem ficar tentados a aumentar a dosagem ”, disse Andrea Burden, da ETH Zurich.

Os casos de envenenamento eram quase inexistentes quando apenas os comprimidos de 500 mg estavam disponíveis sem receita, disse ela, mas isso começou a mudar quando a dose de 1000 mg foi introduzida em 2003 na Suíça. Hoje, as vendas do paracetamol mais poderoso são dez vezes maiores do que a versão mais fraca.

Burden recomenda que menos comprimidos sejam incluídos nas embalagens de 1000 mg, e as pessoas também precisam ser informadas de que os medicamentos não são adequados para o tratamento da dor crônica. É apenas para o alívio da dor de curto prazo, acrescentou ela.

(Fonte: JAMA Network Open, 2020; 3: e2022897)

Wddty 122020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *