Remédios para pressão arterial causam problemas intestinais perigosos

Um medicamento comum para a pressão arterial pode causar diverticulose, um problema intestinal que afeta muitos idosos.

Os bloqueadores dos canais de cálcio são anti-hipertensivos – mantêm a pressão alta sob controle – que também aumentam o risco de diverticulose, um problema intestinal que causa pequenas protuberâncias ou bolsas no intestino. Se não tratada, pode levar a diverticulite, quando as bolsas ficam inflamadas.

O problema – que afeta cerca de 65% dos maiores de 85 anos – pode ser fatal e pode precisar de tratamento de emergência se as bolsas estourarem ou ficarem infectadas.

Os bloqueadores dos canais de cálcio são os únicos anti-hipertensivos ligados à diverticulose, afirmam pesquisadores do Imperial College London. Eles também testaram inibidores da ECA e betabloqueadores usando dados genéticos de cerca de 750.000 pessoas.

Os pesquisadores não sabem ao certo por que os medicamentos devem causar diverticulose, mas suspeitam que possam estar afetando a capacidade dos músculos do intestino de empurrar os alimentos pelo intestino.

O teste genético é uma ciência relativamente nova que permite que os pesquisadores avaliem os benefícios e efeitos colaterais dos medicamentos sem ter que iniciar testes caros e longos envolvendo milhares de pacientes.

Pressão alta (e baixa), muitas vezes é em função de toxicidade no corpo. Desintoxicação e mudança de hábitos alimentares, muitas vezes normalizam a pressão.


Referências

(Fonte: Circulation, 2019; 140: 270-9)

wddty 092019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *