Você está comendo rápido demais?

Quando você era criança, engolindo o almoço para poder sair da mesa e voltar à brincadeira, sua mãe já disse para você ir mais devagar? Se assim for, acontece (sem surpresa) que ela estava certa. Comer muito rápido pode levar a excessos e ganho de peso, sem mencionar problemas digestivos. Devorar a comida muito rápido pode até contribuir para o desenvolvimento de condições metabólicas.

Em um estudo publicado no Jornal da Academia de Nutrição e Dietética, os pesquisadores descobriram que os participantes consumiam menos calorias durante uma refeição em que comiam devagar.   Diminuir a velocidade de suas refeições faz todo tipo de coisa boa para seu corpo, inclusive fazendo com que você coma menos. Comer lentamente cria mudanças bioquímicas reais   que o tornam menos inclinado a comer demais.

Aqui está o que mais pesquisas mostram sobre levar mais tempo para comer sua refeição:

• Mastigação prolongada ajuda a prevenir diabetes

• Mastigação prolongada no almoço diminui a ingestão posterior de lanche

• Quanto mais você mastiga, menos nutrientes são perdidos

• Mastigar mais tempo resulta em menos calorias sendo consumidas e níveis mais favoráveis ​​de hormônios reguladores  do  apetite, que informam o cérebro quando parar de comer

• Comer mais devagar diminui a ingestão de alimentos e aumenta a saciedade

Comer até ficar cheio e comer rapidamente  triplica o risco  de ficar acima do peso. Isso ocorre porque, quando você come rapidamente, seu corpo não tem tempo para passar pelo processo natural de sinalização, que envolve uma variedade de hormônios e ciclos de feedback entre o intestino e o cérebro.

Esses hormônios informam quando você come alimentos adequados e são produzidos enquanto você come, mas leva um pouco de tempo para que isso ocorra. Se você comer rápido demais, poderá comer demais antes que seu corpo possa sinalizar que você já comeu o suficiente.

A maioria das pessoas mastiga e engole a comida sem pensar nisso – é quase um reflexo inconsciente. A mastigação inadequada altera sua nutrição, porque a digestão começa na boca. O processo de mastigação é, na verdade, um passo extremamente importante na digestão, facilitando a absorção de nutrientes pelas partículas de alimentos ao passar pelo intestino.

Então, quantas mastigações são suficientes? A maioria dos estudos parece atingir 40 mastigações por mordida. Por fim, saborear sua comida e tudo o que ela traz, sem dúvida, beneficiará sua mente, corpo e espírito!

Dr. Mercola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *